05
jul
08

Depilação Masculina: Relatos de um macho peludo

Estava eu assistindo tv numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas “partes”. Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia: Por que não depilamos seus ovinhos, assim eu poderia fazer “outras coisas” com eles.
Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam “outras coisas”. Respondi que não, que doeria coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei.
Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando pelas novas sensações que só acordei quando escutei o beep do microondas.
Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente. Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo. Pediu para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e liberasse o aceso a zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!! O Sr. Pinto já estava todo “pimpão” como quem diz: “sou o próximo da fila”! Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as “outras coisas” que viriam.
Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viajem. Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Tailândia, na China ou pela Internet mesmo. Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro PUTAQUEOPARIU quase falado letra por letra.
Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos, e que precisava passar de novo. Respondi prontamente: – Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!!
Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a primeira vez que eu molho o saco antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos só deixando a água escorrer pelo meu corpo.
Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós-barba com camomila “que acalma a pele”, enchi as mãos e passei nos ovos. Foi como se tivesse passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando os ovos como quem abana um boxeador no 10° round. Olhei para meu pinto. Ele era tão alegrinho minuto atrás, e estava tão pequeno que mais parecia que eu tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero.
Nesse momento minha esposa bate na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada ficou igual um carrasco mandando eu entregar o presidente da revolução.
Saí do banheiro e voltei para o quarto. Ela estava argumentando que os pêlos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer. “Pela espessura da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pelos nos ovos”, respondi.
Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!!
Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana.
No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca, mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Vesti a calça mais folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo.
Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.
Resultado, certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres.
Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.

Veja também: Primeira Depilação Virilha Cavada

About these ads

16 Responses to “Depilação Masculina: Relatos de um macho peludo”


  1. 1 Marcela
    26 de setembro de 2012 às 11:25

    Quem gosta de pelo é macaco.

  2. 2 Luiz
    13 de janeiro de 2012 às 12:28

    nossa e depois dizem que sao homens… eh so uma dorzinha me depilo a 2 anos em um salao aqui perto de casa ..quase nao sinto mais dor e minha mulher adora!!! nada vem de graça e eh um esforço que vcs mulheres merecem .. pois afinal quem gosta de pelo???

  3. 5 TAMILES
    25 de maio de 2011 às 16:19

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, meu eu rachei de rir aki..Vou dá essa ideia pra meu esposo quem sabe ele aceita?!ai ele vai cair na real como nos mulherer somos heroinas e voces homens reconhecerem isso!Eu já depilei as axilas dele ele quase morreu imagina se for logo nos ”amiguinhos dele” ele vai endoidar so com a minha ideia,ja to morrendo de rir so de imaginar a cara dele.Mas vc meu amigo é um guerreiro de ter aceitado isso de sua esposa viu,cheguei ficar com inveja de tanta coragem!

  4. 6 Joca
    17 de junho de 2010 às 02:58

    Ae, entendo meu amigo do texto acima…Certa vez, cai nessa conversa mole, com voz aveludada e, deixei a minha amiga depilar minha barba! Fala sério. PUTAQUEPARIU pronunciado sílaba a sílaba foi pouco!!! Quase morri de dor. LOUCURA!!! Amo meus pêlos e, quero que eles fiquem nos seus devidos lugares, sem nunca mais pensar em depilação, ou melhor TORTURA. rsrsrs.
    Digo que mulher é uma heróina, depilar, maquiar, fazer cabelo, escova, pintar unha, sem falar nos cremes para cada parte do corpo, além é claro das malditas meias calças que rasgam a toa. Nada como ter três irmãs e, ouvir os gritos ecoarem pela casa e, corrermos achando que algo grave aconteceu e, qual nossa surpresa??? Elas dizem: -”Droga, não acredito minha meia rasgou.”
    PARABÉNS a você mulher e, caros amigos vamos observar melhor tantos cuidados (sacrifícios) para ficarem lindas para nós.

  5. 7 David
    30 de maio de 2010 às 23:17

    Muuuuito hilário! Quase mijei de rir… Só não ri mais pq estava sentindo em mim… Tava pensando em aceitar a mesma sugestão, mas depois dessa, vou continuar homem das cavernas, mas inteiro… Valeu.

  6. 8 elaine
    3 de fevereiro de 2010 às 20:07

    Nossa dei muita risada gostei muito….

  7. 9 Victoria
    22 de novembro de 2009 às 15:55

    Nunca ri tanto, achei otima a ideia, se for verdade essa mulher eh louca mas tem meu apoio, se nao for valeu do mesmo jeito

    abracos

  8. 10 Muito Bom
    14 de setembro de 2009 às 18:47

    HAHAHAHAA muuuuuuuuuuuuuuitoooo bom

    RI demaiss! ahushaushaushuashau boa sorte daki pra frente ahsuahsuahsuas

    abração

  9. 11 LIRIA
    3 de setembro de 2009 às 18:54

    NOSSAAAAAA.ESSA FOI DE MAIS
    EU AMEI

  10. 12 Fabio
    1 de fevereiro de 2009 às 08:56

    Nossa,

    Esse texto vai ser meu argumento eterno para nunca deixar alguém tocar um pelo do meu corpo. Acho que vou ser peludo para todo sempre. Um dos argumentos mais convincentes e engraçados que vou ter.

    Abraços,

  11. 13 Nanda *
    29 de setembro de 2008 às 19:01

    morri de riiiiiiiir !

    viu mulher sofre tá?
    não vem com essa de ‘ não passa gilete não, se depila ‘
    machos frouxos !

  12. 28 de setembro de 2008 às 10:46

    DEPILAÇÃO MASCULINA :

    AINDA EXISTE O “TABU” E A DIFICULDADE EM ENCONTRAR UM GABINETE DE ESTÉTICA PARA DEPILAÇÃO ÍNTIMA MASCULINA EM LISBOA.

    Me pergunto:

    PORQUE UMA ESTETICISTA PROFISSIONAL NÃO FAZ ESTE TIPO DE DEPILAÇÃO NOS HOMENS?
    PUDOR?, MEDO?, INSEGURANÇA?

    VISITE MEU BLOG E FIQUE POR DENTRO DE UM TRABALHO PROFISSIONAL E CONFIÁVEL.

    http://www.depilacaomasculina.blogspot.com

    Um abraço, Helena.

  13. 15 giovanni
    23 de setembro de 2008 às 22:21

    muito bom o texto gostei,

    veridico? ou apenas algumas partes, e o resto voce se deixou levar pelo poder da escrita? ahha


Deixe seu relatório investigativo, ou mande beijo; dê seu palpite, ou bronca. Mas fale sério comigo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Leitores do Blog:

  • 3,124,296 Visitantes

Visitantes Online

visitor stats

Seguir Fastlove:

Siga-me no Facebook

Dona do Blog:

Quem sou eu?
Aspiro com o dia em que não incomodarei as pessoas com minha sinceridade. No dia em que as pessoas não terão medo e nem vergonha de expor sua essência – dizer o que realmente pensam e querem. O fim da hipocrisia, do sujeito oblíquo. Com calma caminho em busca de um futuro melhor, e não espero por coisas fáceis. Sou chata, brega, amiga, leal, fiel, prestativa, distraída, esquecida, impulsiva, falante, extravagante, extrovertida, medrosa, extremamente ansiosa, normalmente curiosa e tolerante, as vezes envergonhada. Mensageira da esperança, da palavra amiga. Admiro quem anda sozinho, mas não consigo. Fico feliz quando vejo um sorriso, quando o sonho se torna realidade mesmo q não seja meu. Satisfeita ao ver um casal de velhinhos em um restaurante, de mãos dadas. Choro quando assisto TV, quando sofro decepção, quando decepciono alguém e por saber que o mal está solto. Mas tranquila e muito feliz por saber que acima de tudo Deus existe, que é Amor, Justo, Fiel, Onipotente e Onipresente. Não tenho a família de meus sonhos, porém tenho força de vontade para criar uma, todos os passos são cuidadosamente analizados e percebo hoje que estou em uma posição muito a frente dos meus sonhos mais simples. Com a Graça de Deus Celestial. E com a certeza que Deus nunca me abandonou! Com a benção Dele, sinto que realizarei e viverei mais que sonhos. Desejo ver meus filhos crescer e que sejam felizes, ter mais filhos e adotar quando possível. Quero uma família grande, unida e repleta de paz e amor. Desejo que as pessoas conheçam a Paz, o Amor e o Poder que somente nosso Deus tem e pode nos dar. Desejo uma casa, no quintal: animais e um pé de jambo. Bem longe do Rio de Janeiro. Mas Deus sabe o que é melhor para mim. Afinal, sou mais que uma vencedora! Fui escolhida em uma corrida de milhões, fui vitoriosa e gerada. Gerei filhos saudáveis e lindos, perfeitos aos olhos de Deus, aos meus olhos... e verdadeiros Presentes Divinos em minha vida.

Calendário do Blog

julho 2008
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Buscar Arquivos do Blog

Casos Arquivados

Categorias do blog

Member of The Internet Defense League

RSS Frases Pensador


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 154 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: